domingo, 17 de abril de 2011

Febre e Febre Interna

A Febre Interna realmente existe? Ou é apenas mais um mito da área da saúde?


  • Em primeiro lugar, vamos definir o que é febre: 
Febre é o aumento da temperatura corporal acima de 37,5°C.



  • Como é gerada a temperatura do nosso corpo? 
     O calor de nosso corpo é gerado através de reações químicas que liberam calor. Essas reações são a quebra de determinados compostos químicos, fornecendo energia ao nosso organismo. Uma parte dessa energia química é utilizada para a formação de novas substâncias, e outra parte é transformada em calor, aquecendo nosso corpo. (Leia também: De onde vem o calor do nosso corpo?)

  • Como nosso corpo regula a temperatura?
     O cérebro, mais especificamente o hipotálamo, possui um centro termorregulador, que fixa um ponto de temperatura (setpoint) "normal", que situa-se próximo a 37,1°C. Quando a temperatura corporal aumenta, o cérebro detecta este aumento, e passa a lançar mão dos recursos disponíveis para baixar a temperatura ao nível normal. 
     Por exemplo: quando estamos fazendo alguma atividade física, como a corrida, depois de algum tempo começamos a suar, ficamos vermelhos, etc. Como estamos utilizando mais os músculos, estamos "gastando" mais energia, o que acarreta no aumento da produção de calor, que eleva a temperatura do corpo. O suor, composto por água, molha a pele e evapora. A evaporação é um processo que utiliza energia, portanto, "rouba" o calor da pele, esfriando-a. Ficamos vermelhos porque ocorre uma vasodilatação, ou seja, um aumento do calibre dos vasos sanguíneos. Isso faz com que mais sangue passe próximo à pele, permitindo uma maior perda de calor para o ambiente, baixando assim temperatura. Estes mecanismos fazem com que a temperatura baixe novamente para o nível normal.
     Já quando a temperatura corporal encontra-se abaixo do setpoint normal, o cérebro vai fazer de tudo para que ela aumente. Por isso, começamos a tremer, ficamos pálidos... Quando trememos, estamos contraindo continuamente os músculos, ou seja, usando mais energia e liberando mais calor. E ficamos pálidos porque ocorre uma vasoconstrição, que é a diminuição do calibre dos vasos sanguíneos. Isso faz com que menos sangue chegue à pele, e portanto menos calor é perdido.

  • Como e por que esta temperatura pode subir acima dos 37,5°C?
     Em determinadas situações, a temperatura pode subir acima do "setpoint" normal. Isso pode ocorrer por causa de atividade física intensa, o que é natural; ou por anormalidades no próprio cérebro, desidratação, ou mais comumente, por substâncias tóxicas que afetam o centro de regulação térmica. Quando estas condições modificam o setpoint hipotalâmico para um nível mais alto que o normal, isto é considerado febre.
     Como exemplo, vamos imaginar que o "novo" setpoint é 39°C. Nestas condições, o cérebro passa a considerar que a temperatura normal, de aproximadamente 37°C, está muito baixa. Então, envia ordens para que os músculos comecem a contrair repetidamente, e para que haja uma vasoconstrição periférica. Exatamente a mesma coisa que acontece quando estamos com muito frio. Pode demorar horas para que a temperatura atinja este novo setpoint. Quando isto ocorre, a pessoa deixa de apresentar calafrios e não sente mais frio nem calor. 
     Enquanto o fator que provocou o aumento do setpoint persiste, a temperatura corporal é regulada mais ou menos de modo normal, porém neste novo nível. Quando este fator cessa, ou quando usa-se um antitérmico (ou o termo mais correto: antipirético), o setpoint volta ao normal. Então, o cérebro percebe que a temperatura está muito elevada e passa a utilizar os mecanismos citados anteriormente para baixar a temperatura. Ou seja, sudorese intensa (a pessoa começa a suar muito), e ruborização (pele avermelhada).

  • E afinal, a Febre Interna existe?
     Como acabamos de ver, a febre é o aumento da temperatura do corpo acima de 37,5°C. Ela ocorre no corpo como um todo. Portanto, NÃO EXISTE FEBRE INTERNA!!! Existe apenas febre!
     Ah, mas você tem um amigo ou uma amiga que apareceu com uma ferida na boca, e falou que é febre interna... Meu filho, isto é HERPES!!! Mas isto já é assunto para outro post...

Bem, espero ter sido mais ou menos claro nas explicações, já que o assunto é complexo, e tentei "traduzir" para uma linguagem um pouco mais compreensível. Mas qualquer dúvida, perguntem, ok?

47 comentários:

  1. Me desculpe mas eu já tive febre interna


    O organismo geralmente mantém sua temperatura estável (regulada) através de um sistema centro termorregulador, esses sistema está localizado mais precisamente no hipotálamo anterior. Este sistema que funciona basicamente como um termostato, possui a principal função de buscar o equilíbrio entre a produção e também a perda de temperatura (calor), priorizando principalmente a perda de calor, visando e proporcionado a manutenção e a estabilidade da temperatura interna corpórea.

    A febre se manisfesta á partir da ação de micro partículas que podem ser infecciosas ou não, consequentemente as mesmas estimulam a produção de prostaglandinas e as mesmas atuam no sistema termorregulador, fazendo com que a temperatura corpórea aumente, resultando no surgimento da febre interna. Para ter um diagnostico mais preciso sobre a que a febre interna esteja relacionada é indicado procurar o médico, o mesmo poderá conduzir o individuo a seguir um tratamento.

    Principais Causas da Febre Interna:

    Infecções (de forma geral)
    Câncer
    Reações alérgica
    Distúrbios Hormonais
    Distúrbios Emocionais
    Doenças auto-imunes
    Uso de algumas drogas
    Exposição excessiva aos raios solares
    Exercícios físicos em excesso (principalmente em temperaturas muito elevadas)
    Lesão do hipotálamo (responsável pelas conexões entre o sistema endócrino e o sistema nervoso “hipotálamo-hipofisário”).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volto a dizer que febre é febre. O site do qual você copiou esta informação é um site que traz informações de diversas áreas, incluindo computação, gastronomia, orkut, mofo, etc. NÂO É UM SITE MÉDICO! Eu aceito opiniões divergentes, mas para isso deve-se ter um embasamento científico, citando fontes fidedignas. A explicação do site está correta, porém para febre normal. Eles poderiam -e deveriam-, simplesmente, eliminar a palavra "interna" do texto. Tente procurar na literatura médica alguma informação sobre febre interna. No meu livro de Fisiologia (Guyton) não há nada sobre isso! Se você encontrar, aí poderemos conversar ;-)

      Excluir
    2. Dr. Luiz
      Entendi que não existe febre interna,mas gostaria de entender por que algumas vezes
      meu intestino parece estar em chamas e minha urina sai extremanente quente.
      Obs: Não tenho Síndrome do Intestino Irritável.

      Excluir
  2. e a febre reumática? nao seria uma febre interna?

    ResponderExcluir
  3. meu filho tem 10 meses e foi dianosticado com peneumonia,ficou internado e ficou apenas 1 dia ja no dia seguinti a alta estava com o corpo frio e tendo cala frios mas sua tem temperatura era de 36 graus...seria isso o que

    ResponderExcluir
  4. Então pode me explicar pq estava com dores no corpo, e muita moleza, tive até calafrios e quando coloquei o termômetro a temperatura era normal. Tomei um Paracetamol 750mg. Por volta da 04:00h acordei extremamente suado, o travesseiro e o colchão muito molhados. No meu ponto de vista isto parece que foi uma febre interna. Não concorda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não concordo! Quando se tem calafrios, como eu escrevi no artigo, é porque o corpo está tentando aumentar a temperatura, seja pelo frio ou por alguma alteração do setpoint. Portanto, quando vc mediu a temperatura, ainda não estava com febre. Porém, a temperatura deve ter aumentado em seguida, e depois o paracetamol fez seu efeito e regulou o setpoint, fazendo você suar e consequentemente baixando a febre. Continuo dizendo que febre interna não existe. Ou vc já ouviu algum médico diagnosticar "febre interna" em algum paciente?

      Excluir
    2. uma vez eu fui ao médico e ele falou com toda firmeza que eu estava com febre interna, então os médicos de hoje fugiram da faculdade de medicina ou o que?

      Excluir
    3. fugirão cara

      Excluir
    4. Nem sempre medico é Deus, muitas vezes erram, inclusive este que te falou sobre febre interna!

      Excluir
    5. Tb já tive febre interna porem minha boca sai herps por casa da febre dormi sem nada na boca passei mau a noite e acordei com a boca toda estorada pq sera né Dr


      Excluir
  5. eu queria saber amigo,tenho essas reações desde os 10 anos quando eu ficava de cama no outro dia eu estava com a parte de cima da minha boca ardendo e coçando muito e no outro dia enorme e com pequenas bolhas na boca inteira e muita mas muita cede mesmo parecendo que eu estava no deserto assim por 3 dias depois daqueles sintomas a sede passava mas os machucados ainda estava vc pode me explicar isso?ps esses dias passei mal e no outro dia bam minha boca repleta de grandes bolhas

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho febre interna e nunca fiquei com feridas na boca.
    Se vc nunca teve não vai saber que existe eu heim.
    http://www.textoonline.com/febre-interna/

    ResponderExcluir
  7. Luis, então o que é quando se sente só os olhos ou só a parte interna da boca muito quente e o resto do corpo com temperatura normal? Febre é febre, mas pode existir elevação da temperatura em partes localizadas não?! Já me aconteceu também de estar sentindo só o pescoço e a espinha muito quente, e o resto do corpo com temperatura normal, o que seria isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inflamação. Os 4 sintomas clássicos da inflamação são: inchaço, vermelhidão, dor e CALOR. Quando há alguma inflamação no organismo, no local há um aumento do fluxo sanguíneo, o que leva a um aumento da temperatura nesse local. Mas, como eu já disse, isso não é febre. Febre é um aumento geral da temperatura do corpo, causada por uma ALTERAÇÃO no centro de regulação da temperatura, localizado no cérebro. Ou seja, continuo afirmando que febre interna NÃO EXISTE!!! Abraço!

      Excluir
  8. De 6 anos para cá foi mais ou menos a data que conheci meu esposo ele do nada começa sentir calafrios,tremer de mais e mal consegui falar. Aí eu mais que de pressa cubro ele com cobertores e dou um paracetamol, só assim a temperatura do corpo aumenta.Mas eu sempre chamei isso de febre interna.passo o maior aperto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, quando isso acontece, é porque ele está começando a ficar com febre; cobrindo-o ou não com cobertores, a temperatura vai aumentar.

      Excluir
  9. Dr.Luiz, onde eu sei os senhores conseguiram, mas, como vocês médicos podem continuar tendo tanta paciência "sangue de barata" para continuar respondendo como se fosse a primeira pergunta deste ... que não quer entender que não existe febre interna?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, eu não sou médico, sou farmacêutico! No meu dia-a-dia, estou acostumado a responder diversas dúvidas deste tipo, e procuro sempre explicar com paciência! Faz parte da minha profissão!

      Excluir
    2. Existe uma crendice muito grande em relação a sintomas, muitas vezes são mal interpretados, e como consequência levam ao diagnóstico precoce errôneo. A grande massa que se acumula em pronto atendimento pensa que médico é Deus, tira com as mãos isso é uma grande ilusão do ser humano.Porque sabemos bem que sintomas clínicos referem-se ao estado condicional de cada indivíduo, nem sempre caracterizando o diagnóstico em si.
      Assim não existe cura propriamente dita, o que existe é o tratamento e eliminação dos sintomas apresentados, não mais que isso.
      O corpo humano tem que ser entendido como uma máquina, onde existem processos, causas,sintomas e entendimento,para reparação

      Excluir
  10. Então Dr. eu sinto queimando por dentro e a testa e o meu rosto todo queimando o resto não cansaço e as vezes dores de cabeça então o que posso chamar isso. De repente estou falando errado de febre interna quero saber o certo. Ok

    ResponderExcluir
  11. Você é um bosta, pois não sabe a diferença de herpes para afta, e precisa "googlear" informações para se dizer médico.

    ResponderExcluir
  12. Bom, eu não tenho febre, geralmente quando tenho, a coisa tá feia e isso leva a tomar um coquetel de injeções no hospital, pois aparentemente estava bem.
    Mas ontem a noite, estava um sol forte e eu estava com 3 blusas de frio e dois cobertores, e tremendo de frio.
    Tirei a minha temperatura e estava normal. Tomei remédio por precaução e no meio da noite soei horrores. Isso não foi febre interna não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não! Como eu já disse, febre é o aumento da temperatura geral do corpo ocasionado por uma mudança do ponto de ajuste cerebral da temperatura. Se você estava tremendo, significa que seu corpo estava tentando elevar a temperatura através das contrações musculares. E isso é febre, independentemente de você ter conseguido medi-la corretamente.

      Excluir
  13. Bom dia Luiz, como vc explica então o que eu tive. Acordei com muita diarréia e vômitos (clássica infecção intestinal) pouco tempo depois começei a sentir muita dor no corpo, perda do apetite, calafrios, e fraqueza. Medi então a temperatura e 36,5ºc. Neste caso não tomei antitérmico. Mais tarde não aguentando mais de dor no corpo, os calafrios e a fraqueza decidi então tomar uma dipirona e então foi "batata", a dor parou, juntamente com os calafrios e o restante dos sintomas tão parecidos com de febre. Logo então pensei: - Febre interna. Só pode ser... e então, como me explica este caso??? (obs.: eu tb não acreditava em febre interna, por nunca ter achao na literatura algo com esta denominação. Tb sou da área da saúde).

    ResponderExcluir
  14. Mas e a febre interna hein? rsrsrsrs

    Que gente teimosa.

    ResponderExcluir
  15. Meus amigos, a minha mulher também é uma crente na febre interna,já eu céptico,mas a fibromialgia também começou por mito e ainda hoje não há uma forma de diagnosticar essa doença com 100% de certeza já que abrange um grande numero de sintomas e não há teste ou exame que exclua duvidas doutro diagnostico. O que é certo é que cada vez mais médicos optam por seguir essa teoria como fato,e com a medicação adequada conseguem de certa forma aliviar os pacientes dos sintomas de que padecem,da mesma maneira que a "febre interna" se trata como a externa. Porque no fundo o que interessa é melhorar,recuperar a saúde,e até que se prove por A+B que toda a literatura fisiológica tá errada,"interna" ou não existe uma enorme gama de medicamentos que combatem "as febres :) " Saúde e um abraço!!!

    ResponderExcluir
  16. esse blog é muito ruim... tem tanto banner, propaganda que nem vale a pena acessar mais... página pesada... tenho 100 mega e é uma demora, procura melhorar aí vacilão.

    ResponderExcluir
  17. Olá dr. Luiz Boa Noite.
    A minha filha tem 2 aninhos, ela estava com febre de 38 graus devido a garganta inflamada, mediquei-a conforme o pediatra solicitou e as sua temperatura voltou ao normal, mas de vez em quando sinto a boquinha dela bem quente e a lingua/boca bastante vermelha e suas mãoszinhas frias. O que será isto?

    ResponderExcluir
  18. 38.9 de febre ja esta alta? Pois eu medi e deu isso, mas me falaro q isso nao e febre.. E ou nao?

    ResponderExcluir
  19. Doutor, é normal essa situação: Quando estou doente sinto meu corpo mole e fraco, como se estivesse com febre, as mãos e os pés ficam gelados, quando alguém toca em mim ri porque acha que estou mentindo quanto a febre, pois minha temperatura fica normal ao toque, porém, quando coloco o termômetro, estou com 38 ou 39 graus de febre...
    Isso me dá muita raiva, pois ninguém na minha casa acredita quando estou doente, só quando me veem desmaiada junto ao vaso sanitário de madrugada de tanto vomitar...

    ResponderExcluir
  20. sinto uma temperatura,muito quente na cabeça depois esfriar com muito suor. tenho hepatite c auto imuni,faço tratamento com cordicoide asatioprina.

    ResponderExcluir
  21. ô diacho, parem de chamar o cra de doutor... o nome do site é opinião FARMACEUTICA, o cara é farmacêutico...ou seja, pergunte pra um médico se existe ou não a tal febre interna.

    ResponderExcluir
  22. Pelo amor de Deus! Ao invés de publicar "artigos científicos" sobre FEBRE INTERNA, por favor, Dr. Farmacêutico, auxilie os médicos com informações úteis referentes ao preenchimento CORRETO de receitas B1! Tem muito médico que quer trabalhar DIREITO e não consegue pois o Dr. Farmacêutico não consegue compartilhar seus conhecimentos relacionados a estas normas. Infere-se que o médico também saiba, mas não dá pra guardar em um cérebro apenas atualizações destas leis + atualizações científicas relacionadas a patologias (incluindo prevenção, diagnóstico e tratamento).
    Atenciosamente,

    Dra. Médica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada “Dra. Médica” (entre aspas, pois como não se identificou, possivelmente nem médica é),

      Antes de mais nada, quem escolhe os assuntos a serem postados num blog é o seu autor. Neste blog, o autor sou eu, portanto sou eu quem decide o que será postado. O seu pedido é algo como pedir para o Dr. Arthur C. Guyton, em vez de escrever sobre fisiologia, escrever sobre ortopedia... Não faz sentido algum, concorda, “Dra.”?

      A “Dra.”, com toda a superioridade médica que possui, deveria saber que no site da Anvisa encontra-se toda a legislação relativa ao preenchimento de todos os tipos de receitas, basta procurar. Ou será que a “Dra.” prefere apenas receber estas informações já “mastigadas”? Que coisa feia, não, “Dra.”?

      A “Dra.” poderia ter descido do seu salto e ter SUGERIDO, de forma educada, que eu postasse informações referentes ao assunto pretendido, sem essa soberba que infelizmente alguns médicos possuem.

      Além disso, “Dra.”, há uma incorreção em seu comentário: na língua portuguesa, utilizamos a expressão “ao invés de” quando queremos dizer algo oposto, contrário ao que foi dito anteriormente. No seu caso, deveria ter escrito “em vez de”, no sentido de uma coisa no lugar da outra, mas não necessariamente contrária. Compreende? Como os médicos “jamais erram”, a “Dra.” não poderia cometer esta atrocidade, não é mesmo?

      Por fim, meu blog é direcionado para pessoas que não têm formação na área da saúde, o que significa que a suposta “Dra.” não faz parte do meu público. E, ao contrário do que a "Dra." citou, de forma infeliz: "Ao invés de publicar 'artigos científicos' sobre FEBRE INTERNA", não existe sequer 1 artigo científico em meu blog, pois como acabei de dizer, meu público-alvo não quer artigos científicos.

      Fui bem claro, "Dra."?

      Excluir
    2. Apoiado, Luiz Menezes. Infelizmente muitos médicos possuem uma postura de superioridade em relação às demais pessoas, que possuem também uma profissão digna de respeito e valor.
      Sei que meu comentário não tem nada a ver com o post, apesar de eu ter gostado muito (cliquei para ler sobre as diferenças entre gripe e virose e estou lendo tudo, indo de link em link e adorando).
      E, apesar do seu blog ser maravilhoso, ele só tem a fama que tem porque faltam nos "doutores" da vida, a humildade em alertar o seu paciente sobre os verdadeiros sintomas e como tratá-los, de forma que ele compreenda o que sente para agir de forma eficaz e quebrar as crenças, muitas vezes equivocadas.
      Aprendemos muito mais com nossos avós do que com os médicos, aos quais retiramos nosso dinheiro, fruto de nosso TRABALHO DIGNO E MERECEDOR DE RESPEITO.
      Desculpe-me pela "fugida" ao foco do seu blog, mas essa eu não ia deixar passar.

      Excluir
  23. Sou leigo e provavelmente faço parte deste "público" acima mencionado, mas fato que Carolina Louback disse que é verdade e incremento por mera vontade de comentar que o médico "hoje" é no mínimo vergonhoso pelo menos os que trabalham nos hospitais privados, pois os mesmos atendem com pressa, com preguiça de examinar e receitam o que está tabelado à aquilo que nos pacientes disser que sentimos, se o paciente disser que está com FEBRE intensa e mais outros fatores de risco que possam levar a um AVC da vida (rsrs) o "médico" vai apenas receitar aquilo que for necessário para a febre, deixando assim o paciente sem um atendimento de qualidade pelo qual paga.

    ResponderExcluir
  24. Lembrem-se que Febre é uma reação quase sempre "boa" de nosso organismo que provavelmente está reagindo por algum motivo, toda Febre é boa quando controlada a determinadas temperaturas, a sua colocação é válida quanto a "febre interna" no entanto vale lembrar que cada caso é um caso, e por via das dúvidas, e isso vale para todos nós, parem de ficar procurando soluções médicas em blogs e sites na internet, procure um médico SEMPRE!

    ResponderExcluir
  25. Você só se enganou ou esqueceu de um detalhe: TODA FEBRE É INTERNA, pois a temperatura é gerada internamente no corpo e só então "distribuída". No entanto, se ela vai, de fato, alterar a temperatura cutânea e ser constatada externamente é outra história. Como você mesmo disse, o assunto é bem complexo e depende de vários fatores. De qualquer forma, seu artigo é muito bom e interessante!

    ResponderExcluir
  26. Até que enfim um comentário aplausível. Corretíssimo!!!

    ResponderExcluir
  27. Até que enfim um comentário aplausível. Corretíssimo!!!

    ResponderExcluir
  28. Dr. minhas maos são quentes nao só a mao mais como o corpo todo. minha mulher dis que sou quente fora do normal eu mesmo consigo sentir se coloco minha mao na perna sinto minha mao quente. nao sei se é alguma doença o que pode ser?... Obrigado desde ja.

    ResponderExcluir
  29. Dr. minhas maos são quentes nao só a mao mais como o corpo todo. minha mulher dis que sou quente fora do normal eu mesmo consigo sentir se coloco minha mao na perna sinto minha mao quente. nao sei se é alguma doença o que pode ser?... Obrigado desde ja.

    ResponderExcluir
  30. Quando a pessoa sua com febre significa que a temperatura está baixando? O senhor poderia me explicar por que as pessoas infectadas no filme "Contágio" que por sinal estavam com febre, também estavam suando? Esta é uma dúvida acadêmica.

    ResponderExcluir
  31. Uma vez estava com muita dor para urinar e dores fortes no lado direita das costas. Sentia frio e tal mas pra mim é normal. Quem tocasse em mim dizia q eu não estava com febre pois aparentemente a temperatura da pele estava normal (minha temperatura normalmente fica entre 35° e 36°). A propria enfermeira disse q febre não tinha mas mesmo assim como procedimento colocou termometro. Quando fomos ver eu estava com 39,5°. Ela ficou surpresa pois nunca tinha visto isso. Fui fazer exames e estava com uma infecção no rim. Sei que não é médico, mas como explica isso?
    Desde então percebi que quando tenho alguma infecção qualquer que seja ou gripe, acontece isso...

    ResponderExcluir
  32. Desde pequena muito nova que ja tiva muitas febres , e acho qe esse caso deveria ser mais estudado pois eu tenho a noção que ja tive no minimo 2 tipos de febr

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...