quinta-feira, 1 de março de 2012

Dipirona X Novalgina

É muito comum acontecer de clientes solicitarem dipirona e, na falta dela, oferecermos o medicamento de referência, a Novalgina, como substituto. E muita gente responde: "Não! Eu não posso tomar Novalgina! Me faz muito mal! Só posso tomar dipirona...". Assim acontece também com outros medicamentos, como o Anador, Magnopyrol, etc. Todos eles têm a dipirona na fórmula! Dipirona NÃO é o nome de um medicamento, e sim da substância que faz o efeito dentro deste medicamento (princípio ativo). É engraçado ver que a maioria das pessoas nunca presta atenção no que está tomando. Percebo isto pelo espanto delas ao serem informadas de que Novalgina é dipirona! Dipirona sódica é o nome genérico, cujo medicamento de referência é a Novalgina. Isto significa que dentro das mesmas apresentações (comprimidos, gotas, etc), pode-se trocar um pelo outro com segurança.

6 comentários:

  1. Olá Luiz, muito bom seu blog, também sou farmacêutica e o achei por acaso. Ri bastante com esse post! Muito bom!! A verdade é que realmente as pessoas não sabem o que estão tomando!!! Continue compartilhando suas experiências conosco!!! Parabéns pelos posts!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, pelo blog, Luiz! Lidando diretamente com a população, antes de consultas ou após as mesmas, sem sermos médicos, enfermeiros ou farmacêuticos, mas na área de saúde, como ACSs(agentes comunitários de saùde), na prática diária, somos apanhados por perguntas e dificuldades para as quais, sinceridade, não sabemos responder e orientar melhor as pessoas.
    Peço a gentileza de postar artigos esclarecendo os seguintes tópicos:
    - Medicamentos com substâncias associadas são melhores? Estas substâncias não devem ser ministradas isoladamente, sob pena do tratamento tornar-se de qualidade inferior?
    - Medicamentos com dosagem maior, no caso dobrada, podem ser cortados ao meio sem risco de uma das metades ficar sem a mesma quantidade de substância ativa que a outra metade?
    Estas situações são comuns pra quem precisa usar remédios fornecidos pelo SUS e Famácia Popular, onde não se encontram os associados e os de determinadas dosagens. Devido à dificuldade de remarcações de consultas somente para solucionar estes impasses, uma orientação é cabível.
    Adiante, outros tópicos serão pedidos. Atenciosamente!
    Em 08/05/2012

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu comentário! Você me deu boas ideias para novos artigos! Em breve vou postar algo sobre os assuntos sugeridos!

      Excluir
  3. Acompanho seu site a algum tempo e realmente já me ajudou muito tirando dúvidas básicas. Parabéns! Aguardo sempre ansiosa as postagens!!
    abs. Luciana

    ResponderExcluir
  4. Bom assunto!! É bem comum as pessoas verem medicamentos iguais com nomes diferentes e não associarem. Mas tem um fato nessa questão que deve ser observado. Muitos medicamentos tem a mesma substância e dosagem, mas podem mudar os resultados de um pra outro. Isso porque existem 3 tipos de medicamentos. De referência, genéricos e os similares. Cada um deles pode usar substâncias diferentes nos seus ecipientes e dependendo do organismo, pode causar reações diferentes. Tem gente que usa genérico de marca x e não de y porque o de marca y não "é a mesma coisa". Se são genéricos, ou seja, tem ação, pico de concentração e eliminação iguais, porque a pessoa se dá bem com um e com outro não? Porque muitas vezes alguma substância do escipiente pode mudar. No caso de similares, ainda é pior, pois eles não precisam ter picos de concentração e tal iguais aos de referência, então pode haver uma grande mudança no organismo entre uma pessoa e outra. Teve um caso que aconteceu comigo, na qual um cara pediu se tinha sinvascor de 20mg(sinvastatina), e eu tinha, e era o mais barato. Ele disse que só usava aquele pois se dava melhor com ele e levou 3 caixas. No mesmo dia, mas algumas horas depois, apareceu uma outra pessoa pedindo sinvastatina de 20mg. Mostrei o Genérico, o sinvastamed, o sinvascor, o sinvastacor, o clinfar... Então dei os preços e disse que o sinvascor era o mais barato. Ela prontamente me disse: Já usei este, mas não gostei, me queimava no estômago.... Então, como vêem, duas pessoas diferentes tomaram o mesmo medicamento e uma se deu bem e a outra não...

    ResponderExcluir
  5. Boa Tarde ,gostei bastante do blog parabéns.
    Tenho uma dúvida , de umas semanas para cá tenho dores de cabeça constantes e toda vez tomo a dipirona sódica ( novalgina ) com isso o que a dipirona pode me causar ?

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...