domingo, 4 de setembro de 2011

Descontos em Farmácias

Quem nunca pediu desconto ao comprar algum produto na farmácia? Pouquíssimas pessoas, não é mesmo? Mas o que está por trás deste hábito tão comum do brasileiro?

A cena é clássica: o cliente entra na farmácia, pede um produto, pergunta o preço e, na sequência, solta um "Tem desconto???". Até aí, tudo bem. Afinal, quem não quer economizar alguns trocados ao comprar algo?

Mas a questão vai mais longe. Tem clientes que entram na farmácia e, mesmo antes de perguntarem se tem o remédio ou produto que procuram, perguntam se tem desconto. Isso é frustrante! Nós, que trabalhamos em farmácias, queremos dar um bom atendimento aos clientes, resolver suas dúvidas, auxiliá-los a adquirir os medicamentos corretos e a utilizá-los de forma correta. Mas parece que poucos realmente se importam com isso. Querem saber apenas se o desconto desta farmácia é maior que o da farmácia X.

E o pior: não pedem descontos apenas para os medicamentos. Para muitas pessoas, qualquer produto vendido na farmácia é passível de descontos! Absorventes, escovas e cremes dentais, shampoos... Enfim, qualquer coisa que possa ser encontrada na farmácia! A farmácia onde trabalho fica localizada dentro de um supermercado. Alguns tipos de produtos são vendidos tanto na farmácia quanto no mercado. Na farmácia pedem desconto. No mercado, não! Aliás, compram roupas, tênis, sapatos, bolsas, celulares e etc, ítens relativamente caros e considerados não-essenciais, e não pedem um centavo de desconto. Mas pedem em medicamentos que chegam a custar menos de 2 reais...

Então, parece que virou uma questão cultural pedir descontos na farmácia. Ao ponto de alguns clientes dizerem que é lei (!!!) dar descontos em medicamentos!

Mas como surgiu tudo isso?

Embora eu não tenha como confirmar a veracidade da informação, é um consenso que essa história começou com a Drogaria São Paulo dando descontos para os aposentados, e apenas para alguns medicamentos. Aos poucos, as concorrentes passaram a fazer o mesmo, e começaram a estender os descontos para todo mundo, em todos os medicamentos. E foi se espalhando cada vez mais, até chegar aos dias de hoje, em que raras são as pessoas que não pedem desconto. 

Isso pode ser ótimo para o consumidor, mas é terrível para os profissionais deste tipo de estabelecimento. Nós nos empenhamos em atender bem o cliente, e ainda ouvimos:

"Obrigado pelo seu atendimento! Você foi muito atencioso! Mas infelizmente vou comprar o medicamento na farmácia X, porque lá sai mais barato."

C'est la vie...

8 comentários:

  1. Meu amigo, então por que, o preço é X, vc já está na bôca do caixa, e daí c lembra e pergunta se não há desconto, a atendente diz que vai falar com a gerente e depois volta e dá um desconto que ela, não tinha oferecido?
    É isso o que nos obriga a sempre perguntar pelo desconto.
    Eu, particularmente, também achava humilhante pedir descontos mas qdo descobre-se que quem pede, ganha...vc passa a ser otário se não pedir. Mas continuo me sentindo mal em perguntar isto e mais mal ainda se me esquecer.

    ResponderExcluir
  2. sou farmaceutico e acho uma falta de carater de uma pessoa pedir desconto, é um serviço de saude, o farmaceutico não é um simples vendedor ambulante,
    acho falta de respeito e falta de cultura sim,

    falta cultura e respeito por parte de muito brasileiros,

    ResponderExcluir
  3. Antigamente, o desconto era dado apenas nos casos em que:

    1- A pessoa estava fazendo uma compra grande
    2- A pessoa não tinha todo o dinheiro necessário, mas precisava muito do medicamento
    3- A pessoa era um cliente que sempre comprava alí.

    Pra mim, deveria ter continuado assim, mas hoje, a maioria das pessoas que pedem desconto tem condições mais que suficientes de pagar o preço dele. Aqui ontem,veio uma cliente comprar uma cartela de paracetamol da Teuto que custava R$1,07 reais, e ficou insistindo se não tinha desconto. O detalhe é que a cliente botou no balcão uma chave de um carro da Pegeout. Acham que uma mulher que tem algum carro da Pegeout não pode pagar R$1,07 reais num cartelado?

    Muitas pessoas parecem que quando vão à farmácia, querem comprar o desconto, e não o medicamento. Aonde trabalho é relativamente próximo da Ultrafarma, que em geral, o povo acha que tem os preços mais baixos do mercado. Muitas vezes, a pessoa vem comprar algo como um Puran T4 75mg, que aonde trabalho custa uns R$8,21 reais, e quando digo o preço, diz que vai na Ultrafarma pois lá custa mais barato. O detalhe é que na Ultrafarma, custa por volta de uns R$7,37. Então eu penso: A pessoa vai perder tempo, gastar gasolina ou pagar passagem, vai pegar fila, pra economizar R$0,84 centavos. Só de gasolina ou passagem, sai bem mais caro que comprar alí por R$8,21 reais, mas ela só está pensando no desconto...

    Mas o que me deixa mais P. da vida em relação a isso, são pessoas que gastam horrores em coisas dispensáveis sem nem questionar, e na hora de comprar um remédio pra saúde, ficam mendigando centavos. Exemplo: Eu trabalho numa farmácia que fica dentro de um hipermercado. Aí chega um grupo de pessoas falando sobre uma festa, empurrando um carrinho lotado de latas de cerveja. Então o cara entra e pergunta quanto está o Engov, e quando digo o preço (coisa de uns 3 reais e pouco apenas), o cara começa a reclamar que tá caro e fica pedindo desconto... Ou seja, o cara compra mais de R$300, reais em cerveja, mas não tem coragem de gastar 3 reais e pouco num remédio que vai lhe tirar alguma dor que ele tenha por causa do consumo das bebidas...

    Eu também acho que pedir desconto é um direito da pessoa, mas se você diz que já está com desconto, e a pessoa começa a insistir, fica bem chato.

    ResponderExcluir
  4. Não vejo vergonha alguma em pedir desconto, pelo contrário, vergonhoso são os preços com impostos e lucros altos que em geral muitos estabelecimentos praticam. Também não acho que devemos julgar se é ítem de necessidade ou não.....ninguém quer pagar mais por um produto que pode estar sendo vendido na esquina por menos.
    Sempre peço descontos e se acho caro faço pesquisa de preço !!
    O Brasil é um lugar onde tudo custa caríssimo, acho que as vezes as pessoas esqueçem disso ou não sabem.

    ResponderExcluir
  5. desconto em medicamentos praticamente nao existe , é tudo enganaçao . A farmacia normalmente grandes redes diz que custa 80,00 e tá dando desconto de 30% . Mas na verdade este mesmo remedio custa 56,00 em qualquer outro lugar é tabelado . Brasileiro gosta de ser enganado .....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim. Existe uma tabela oficial que mostra o PMC (Preço Máximo ao Consumidor) de cada medicamento comercializado no Brasil. Todos os descontos dados são em relação ao PMC do medicamento. Esse preço varia em cada estado, de acordo com a incidência dos impostos estaduais sobre medicamentos. Provavelmente todas as farmácias têm uma revista que contém essa tabela. Se vc estiver com dúvidas, solicite-a a um balconista e faça as contas vc mesmo!

      Excluir
  6. Tudo bem a pessoa pedir desconto quando o medicamento é caro, mas dai a ficar pedindo ate em cartela de ASS (um real). Ai pior é quando voce dá o desconto maximo ( que na drogaria que trabalho chega a 50%) e a pessoa diz: mas nao tem como dar mais desconto?.
    Outro dia algo me revoltou. O gerente havia saido pra tomar cafe e uma senhora entrou na farmacia pedindo um medicamento. A vendedora deu o medicamento e o maximo de desconto que eles estao autorizados a dar. Lembro que ficou em 31,30. Ai ela falou: nao pode arredondar para 30,00? e a vendedora explicou que nao, pois era o desconto máximo permitido. Ai a senhora perguntou pelo gerente e foi informada que o gerente nao se encontrava.
    Entao ela se dirigiu ao caixa e quando ja ia pagar o gerente chegou. Na mesma hora ela foi reclamar da vendedora e ficou insistindo o desconto pro gerente ate o mesmo arredondar o valor para 30,00.
    OBS: A senhora tem posses, não é pobre.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...